top of page

Voar no nordeste brasileiro, qual a melhor opção? Rampa ou reboque?

O paraíso do cross country sem nenhuma duvida é o nordeste do Brasil. Afinal 40% dos recordes de distância livre foram dali. Há décadas pilotos do mundo todo visitam o local, nos meses de outubro e novembro, para voarem suas maiores distâncias.


Bulgaro, Veso Ovcharov, cumprimentando o amigo após quebrar o recorde nacional da Bulgária. Foto: Eurismar Jr

Tabela de recordes

Fonte: FAI 1989 - 2018 Tabela: Rafael Saladini

Os Brasileiros estão muito bem na "fita" detêm 9, ou seja, 24% dos recordes de distância livre no mundo. Já o nordeste brasileiro foi o palco de 40% das decolagens desses recordes, somando brasileiros e estrangeiros.


Você já não tinha duvida e com tudo descrito até aqui, espero ter reforçado que o nordeste é o lugar do cross country.


Rampa ou Reboque?

Vai depender do seu objetivo.


O voo rebocado no nordeste é praticado à alguns anos, principalmente no estado do Pernambuco, no qual o objetivo era cruzar o estado decolando do ponto onde pousou.


Após o recorde mundial de distância quebrado em Quixadá, os pilotos brasileiros perceberam que para voar distâncias superiores a 500km, teriam que decolar alguns km antes. Porque após o km 520 do cross country de Quixadá a vegetação é homogenia e existem poucas estradas.

Por isso optaram por decolar da rampa de Tacima/Araruna na divisa do estado do RN com PB.


Rampa de Tacima/Araruna

O local é próximo ao litoral e isso significa ventos fortes e umidade. Com o relevo montanhoso o inicio do cross é delicado.

Quixadá Aventura já prestou assistência à pilotos de parapente naquela rampa em 2015 e 2016. A cada 8 dias é possível voar 1 devido ao vento forte. Se você quer o recorde mundial e tem paciência, essa rampa pode esta na sua lista de opções. Em 2016 a paciência e dedicação dos brasileiros rendeu o novo recorde mundial, com 564km.

Decolagem rebocada no RN

Foto: Eurismar Jr

O reboque possibilita a decolagens com ventos extremos, no qual não seriam possíveis ou seguros na montanha. E foi por isso, que no ano passado, uma equipe com menos "paciência" formada por estrangeiros e assessorada por brasileiros buscaram quebrar o recorde mundial decolando de reboque do Rio Grande do Norte. A cada 7 dias é possível decolar em quase todos os 7, porem as chances de "pregar" aumentam consideravelmente. Uma vez que é desconectar e iniciar o cross, sem a possibilidade de voo coletivo, lift, ou escolha de térmica.

Os estrangeiros não conseguiram quebrar o recorde, afinal os brasileiros têm 10 anos de voo no sertão e não seria tão simples superar essa marca.

Vale lembrar que para a FAI a decolagem em montanha ou em reboque tem o mesmo valor na quebra de um recorde. (Espero que os brasileiros tentem em reboque este ano, para arredondem esse recorde para 600km)

Se você quer voar mais de 500km e não tem tempo a perder, nem esperando a melhor térmica pra iniciar o cross, nem aguardando um dia de voo em um intervalo de 8 dias, essa é a melhor opção para você.


Quixadá Aventura proporciona essa opção por €1.500,00 a semana.


Rampa de Quixadá - Ce

Quixadá virou degrau na escola do cross country. Antes de conseguimos 500km. Alguns 250, 350 e 450 serão necessários, então nada de pular a escola e ir voar com a galera dos 500km. Não faz sentido, dificultar o momento mais delicado do voo, no qual são as primeiras horas da manhã, alem de ignorar todo o estudo do voo de Quixadá dos últimos 25 anos. As decolagens em Quixadá acontecem nas primeiras horas do dia, vento laminar e térmicas suaves. O vento forte já não é tão forte, isso porque os parapentes evoluíram e voar de ré só aconteceu nos últimos três anos por problemas no equipamento (linha presa). Alem disso o estado do Ceará tem uma infraestrutura melhor que os demais, pois possui grandes cidades nas proximidades do voo. O próprio Quixadá é a 5ª maior cidade do estado com quase 100mil habitantes, oferecendo toda a infraestrutura dos grandes centros.

A cada 10 dias de voo em Quixadá será possível voar 9.

Se você é um piloto experiente e quer aproveitar cada dia de folga para voar grandes distâncias, Quixadá é a melhor opção.



Não tenha duvida que todo o nordeste ferve na temporada de outubro, novembro e dezembro.

A imagem abaixo é o potencial térmico no dia 13/10/2016, dia dos 564km.


Fonte: xcskies

Por, Eurismar Júnior

Quixadá Aventura



Pelo fim das propagandas nos grupos de WhatsApp. :)

462 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


bottom of page